Uma dúvida muito comum entre iniciantes é sobre quais são as primeiras manobras para aprender no Skate e hoje falaremos um pouco sobre isso.

Na verdade, não existe um padrão, existe apenas um bom senso, afinal, ninguém vai começar com um 360 flip, mas não necessariamente precisa começar com o Ollie, que é o comum na maioria das vezes.

No meu caso, quando comecei a andar, não aprendi o Ollie de jeito nenhum, portanto um dia, desisti e fui treinar outas coisas, como o varial (por aqui é varial, por ai, talvez pop shove-it).

Comecei humilde, com aquele arrastadinho estilo freestyle, que gosto de fazer até hoje, inclusive. Depois batendo o tail e foi nessa que peguei a base para dar o Ollie.

Era aquele Ollie bem baixo, que não subia nem uma calçada e foi assim por meses. De tanto, mas tanto insistir e treinar exaustivamente, hoje tenho um Ollie bem alto, seja para saltar sobre obstáculos ou varar rampa, mas foi de tanto insistir (e graças a eu ser bem alto e magro) que hoje me acertei com isso.

Onde quero chegar com este texto é no seguinte, cada um tem uma facilidade, um equilíbrio e habilidades diferentes, então não se pode dizer que você precisa aprender de fato manobra X ou Y, podemos apenas seguir um padrão que observamos ao redor e enumerá-los aqui.

Nos primeiros meses, tenha em mente que a não ser que você seja um gênio, não vai aprender muita coisa.

Primeiros passos

Primeiros passos
Fonte da imagem: Internet / Divulgação

Equilíbrio: Primeiro aprenda a subir no Skate, aprenda a dar umas remadas e se equilibrar nele em movimento, fazer pequenas curvas e por fim, ficar em pé, sem pensar que está se equilibrando.

Adquira a chamada consciência corporal.

Seu subconsciente que vai fazer o trabalho de lhe manter equilibrado no skate, assim você pode focar seus pensamentos em calcular as manobras que vai executar.

Encontre o centro

O meu centro, não é o seu centro, vai ter de descobrir qual a posição que vai manter o seu eixo de equilíbrio centralizado para que possa executar a manobra, aterrissar de maneira segura e sem deixar o Skate espirrar para frente ou para trás.

O ollie

Basicamente consiste em pular, batendo o tail no chão ao mesmo tempo e depois do skate subir ao seu máximo, empurrar de leve o pé da frente para que o Skate fique reto, caindo com as 4 rodas no chão.

É simples de explicar, nem tanto de executar (no começo). Depois de treinar, seu corpo decora os passos de execução e sai naturalmente, a partir daí é apenas calcular a intensidade que vai usar para subir mais ou menos, ir mais longe ou mais perto, dependendo da necessidade (rampa, obstáculo, buraco, escada, etc) e de seu limite.

Variações

Ao aprender o Ollie, você pode treinar as suas variações, que podem ser:

Fakie: Você rema, sobe no skate e vira de costas, colocando seu pé que deveria ficar no tail, no nose, e o da frente, próximo ao parafuso de trás. Devido a física, é até mais fácil de dar o Ollie de Fakie, desde que você consiga se manter equilibrado no Skate.

180: Pode ser de backside (virando de costas pra a direção que o Skate está indo) ou de frontside (virando de frente para a direção que o Skate está indo).

Em ambas as situações, você vai flexionar os joelhos um pouco para pegar impulso para o Ollie e girar seu tronco para a direção que pretende virar o Skate.

Ao girar o tronco no limite que sua cintura permite, você bate o Ollie, direcionando o pé para direção que virou o corpo, isso fará com o Skate lhe acompanhe e aí basta aprender a aterrissar.

180 de Fakie: Some a ideia do Ollie de Fakie, mas virando o corpo para direção que quer ir, seja de back ou de front. Novamente, a física vai lhe ajudar muito!

Varial: Como citado anteriormente, tem lugar que usamos o nome varial e outros o pop shove-it. Trata-se da mesma manobra.

Você vai virar o Skate em 180º em baixo do seus pés, mas seu corpo não vai girar junto. Para tanto, a forma mais fácil de executar é pular, quando seus pés ainda estiverem tocando no shape, mas seu peso não estiver fazendo pressão nele, você apenas empurra o pé da frente para a frente e o de trás para trás.

Comece se apoiando em algum lugar, como uma barra, um poste ou até sentado num banco de praça, apenas para pegar o jeito de girar. Com o tempo você aprende a fazer sem ajuda e mais adiante, batendo o tail no chão.

Isso vale para qualquer manobra, inclusive.

Não tenha vergonha

Não tenha vergonha
Fonte da imagem: Internet / Divulgação

Ninguém nasce sabendo, não se preocupe se demorar mais que seu amigo para aprender uma manobra, isso é perfeitamente normal.

Conheço dezenas de casos de pessoas que aprenderam o básico rápido e depois ficaram estagnados nas mesmas manobras, assim como pessoas que se achavam um fracasso completo, mas com treino e perseverança hoje são Skatistas extremamente habilidosos.

Nascer com jeito para a coisa é bacana, mas conquistar algo que para você é mais difícil com seu suor é gratificante pra caramba!

Skate é liberdade, é calmante e te ajuda a conhecer seu corpo, seus limites e ultrapassá-los dia após dia.

Lembre-se, se não é divertido, não é saudável. Skate tem que ser divertido, senão não existem motivos para você andar.

Agora que sabe como começar, acesse o site da Monster Sports e escolha seu Skate!

Em breve, apareço com mais dicas. Deixe suas dúvidas nos comentários!