panoramica-sao-paulo

São Paulo é uma cidade enorme, com grande diversidade de lugares para andar de Skate, seja em picos de rua, pistas públicas ou particulares. Se até para quem mora lá é difícil saber de todos os lugares, imagine para quem não mora!

Navegando pelo site Hypeness encontrei uma matéria bacana com algumas dicas de lugares para se andar de Skate em São Paulo, e que replico a seguir, com créditos todos aos caras:

1. Cave Pool

cave-pool

Novidade, o point instalado no Butantã atrai skatistas por conta do bowl indoor, somada ainda ao skate shop, sinuca, fliperama, bar com cervejas artesanais e comidinhas, área para churrasco e ainda palco para bandas.

2. CrazyTown

crazy-town

Além de ser loja, com todos os equipamentos necessários para andar de skate, o local conta commini ramp e apresentações de bandas ocasionalmente.

3. 2 Ases Skate Shop

ases-skate-shop

Olhando de fora, a pequena loja na Vila Madalena não parece abrigar uma rampa bacana no andar de cima. Quem fica do lado de fora pode ouvir o som do skate batendo na madeira vez ou outra. Eventos acontecem ocasionalmente, reunindo clientes e simpatizantes.

4. Skate City

skate-city

A pista de skate coberta fica na região central da cidade e apresenta uma variedade de obstáculos de street, além de mini ramp, podendo abrigar as mais diversas modalidades e tipos de carrinhos.

5. Parque Zilda Natel

parque-zilda-natel

Ao lado da estação Sumaré, uma turma frequenta a chamada “pista da suma”. A área de mais de 2 mil m² não deixa ninguém passando vontade, incluindo obstáculos de street, bowl e half pipe. O local ainda tem quadra de basquete, vestiário, mesas para jogos de tabuleiro e academia para a terceira idade, com 10 aparelhos para ginástica laboral e de baixo impacto. Ou seja, até sua avó pode participar do rolê.

6. CEU Parque Veredas 

ceu-veredas-skate

Uma das unidades do CEU – Centro Educacional Unificado – abriga dois bowls de respeito, disponíveis para a população gratuitamente. Eventos amadores de skate acontecem de vez em quando no local.

7. Parque da Juventude

parque-juventude-carandiru-skate

O que antes era a Penitenciária do Carandiru se transformou num espaço incrível para a população, mudando a cara da Zona Norte. O complexo recreativo de 240 mil m² tem pista de skate e aulas para crianças e adolescentes que desejam praticar o esporte. Aproveite e dê um rolê no MAAU, Museu Aberto de Arte Urbana, logo em frente do parque e da estação Carandiru do metrô.

8. Arena Clube do Skate

arena-clube-do-skate

A pista coberta do Arena tem aulas de skate para iniciantes, pacotes para eventos, oficina de skate e espaço para skate shop. O espaço fica na região da Vila Sônia, Morumbi.

10. Parque da Juventude Città di Maróstica

Parque da Juventude Città di Maróstica

Um verdadeiro playground a céu aberto, o Parque da Juventude de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, não deixa ninguém passar vontade. A pista gratuita é enorme, tem vários bowls e obstáculos, além de reservar horários especiais para meninas, maiores de 35 anos e crianças, caso a pessoa queira seguir a agenda. O local dedicado aos esportes radicais ainda recebe e promove campeonatos, tem espaço para shows, pista BMX, half pipe, pista de cooper, parede de escalada e playground.

11. Parque da Independência

parque-da-independencia-ipiranga

Em um dos lugares mais bonitos e tradicionais de São Paulo, o parque em frente ao Museu do Ipiranga reserva uma ladeira deliciosa para os skatistas se aventurarem, seja qual for a modalidade. O longboard toma conta, já que descidas alucinantes costumam atrair o carrinho. Exatamente aonde foi dado o grito da independência do país por D. Pedro I, feito em 1822, hoje é a casa de quem grita pela adrenalina.

12. Praça Roosevelt

praca-roosevelt-skate

Depois de uma bela reforma, a Praça Roosevelt está ainda mais atraente para os skatistas, amadores ou profissionais, que deslizam no chão lisinho da nova área, com 1,5 km² e alguns obstáculos, como escadas e bancos. Quem curte os lugares mais tradicionais da cidade não pode deixar de ir.

13. Urgh Tent Verthouse

urg-tent-verthouse

No centro de Santo André, no ABC Paulista, a marca Urgh reformou o antigo “Tent Beach Skate Park“, anexo à loja Tent Beach, transformando-a num point para skatistas que curtem vertical. O half pipe de 3,90 metros de altura, uma mini rampa, uma micro rampa e um transfer, tudo interligado, facilitam o rolê.

14. Bowlhouse

bowlhouse

Dentro de uma casa toda grafitada, na Vila Mariana, o local mistura skate shop, espaço para eventos e pequenos shows, sinuca, estúdio de música e escolinha de skate. O bowl de madeira com teto retrátil facilita nos dias de sol e chuva, e chama a atenção de quem passa lá fora. O espaço ainda recebe exposições de arte e fotografia, abertas ao público.

15. Marquise do Ibirapuera

marquise-ibirapuera-skate

Point obrigatório para qualquer skatista que se preze, a marquise é onde se encontram pessoas de todas as idades e tribos, iniciantes, amadores e profissionais do skate e do patins. Bastante espaço, chão propício e cobertura fazem o dia de muita gente mais feliz!

Créditos: Hypeness.
  • Rafael

    A pista 2 Ases não tem mais o minirmap =/