Como as Olimpíadas de Londres impactaram positivamente a cidade?

Os Jogos Olímpicos tiveram origem na cidade de Olímpia, na Grécia há mais de 2.500 anos e lá foram disputados durante muito tempo. Em 1896, em Atenas, ocorreu o início da chamada Olimpíada da era moderna.

A cada 4 anos uma cidade é escolhida para receber os Jogos Olímpicos, que é o maior evento esportivo do mundo. A cidade recebe delegações de mais de 200 países, além de muitos atletas e turistas.

Cada local escolhido constrói a chamada ‘Vila Olímpica’, onde ficam hospedados todos os atletas que participam das Olimpíadas. Muitas modificações são realizadas na cidade para receber os jogos e os milhões de turistas, tanto estruturalmente, como na mobilidade urbana e na construção de parques esportivos.

Muitas dessas modificações ficam de legado para o país sede. Nesse post iremos contar como as Olimpíadas de Londres impactaram positivamente na cidade. Continue lendo e confira!

Revitalização de área urbana

Um dos projetos das Olimpíadas de Londres era revitalizar um dos locais mais pobres do país. Localizado na zona Leste, o bairro escolhido foi o Stratford, que além de carente era uma zona de indústrias.

Por esse motivo foi necessário descontaminar mais de 2 milhões de toneladas de terra e plantar milhares de árvores. Stratford era um bairro perigoso, com os maiores índices de criminalidade e pobreza, menor acesso à saúde e educação e a mais baixa expectativa de vida da Grã Bretanha.

Para iniciar o projeto naquele local foi necessário interligar todo o transporte público, que até então chegava até lá de forma precária e demorada.

Foram construídos 14 Km de novas ruas, além de 35 Km de ciclovias e calçadão para a circulação de pessoas. O percurso do bairro até o centro hoje pode ser feito em apenas 6 minutos e a estação de trem é uma das mais conectadas da Europa.

Todos os quase 3.000 apartamentos que serviram como hospedagem para os atletas olímpicos foram vendidos ou alugados. Inúmeras pessoas hoje vivem no bairro que melhorou drasticamente sua qualidade de vida após a realização das Olimpíadas de Londres.

Instalações Olímpicas

Após passar por uma reforma, em 2014 o Parque Olímpico foi batizado como Parque Rainha Elizabeth e aberto para receber o público gratuitamente. Os visitantes podem frequentar todas as instalações do Parque, e somente é preciso pagar uma pequena taxa para usufruir do Velódromo e do Parque Aquático.

A famosa escultura ArcelorMittal Orbit , que é uma enorme torre de 115 m de altura feita de aço e cor vermelha fica hoje aberta ao público. Para acessa-la é necessário pagar 12 Libras, porém vale a pena! Quando se chega ao topo A vida é linda, maravilhosa! E de cima é possível contemplar todo o parque.

As famílias aproveitam mais de 2,5 Km de parque para curtir seu grande gramado verde. Para o verão foi montada uma praia urbana com piscinas, areia e um parque de diversões para as crianças. Você pode conferir todas as atrações do Parque aqui: Parque Rainha Elizabeth.

Atração de novos eventos esportivos e prática de esporte

As Olimpíadas de Londres atraíram novos eventos esportivos à cidade. Após o sucesso dos Jogos Olímpicos de 2012 a UK Sports, que é a organização que cuida dos eventos esportivos no Reino Unido, planejou levar 70 dos mais prestigiados eventos do mundo para o país.

Desde 2013 A Inglaterra vem se beneficiando com os grandes eventos esportivos e a agenda está preenchida até 2019. Entre eles se destacam os mundiais de: rugby, triathlon, squash, ginástica, cricket e taekwondo. Também foram ou serão disputados campeonatos de tênis, natação, canoagem, hockeye basquete.

Cada novo evento esportivo movimenta a economia. Além de sempre receber turistas, o evento atrai o público local. Ele é ótima opção de divertimento para os ingleses e incentiva para as crianças, que tem constantemente a chance de ver seus ídolos de perto.

As Olimpíadas e os novos eventos esportivos que vieram com ela aumentaram o número de pessoas que praticam esportes na Inglaterra. Muitas delas estão utilizando as instalações do Parque Olímpico para se exercitar.

O Governo calcula que houve um crescimento de 10% no número de pessoas que praticam esportes desde quando as Olimpíadas foram anunciadas, em 2005 até o ano de 2016.

Quase 4 milhões de jovens entre 16 e 25 anos praticam esportes na Inglaterra e segundo o governo 63 mil deles iniciaram as atividades físicas após os Jogos Olímpicos.

Melhoria do transporte público

Além da criação de várias linhas para ligar o bairro de Stratford foram feitas algumas melhorias no transporte público. Ouve expansão no metrô de Londres, especialmente nas linhas de Docklands Light Railway, East London Line e North London Line.

Foi implantado também o serviço de alta velocidade conhecido como trem bala. Conjuntamente houve aumento da capacidade de passageiros, chegando a transportar 240 mil pessoas por hora.

Essas melhorias nas linhas do metrô e vias férreas são utilizadas até hoje pela população britânica e foram com certeza benfeitorias consideráveis para a população que morava mais afastada do centro.

Geração de empregos

As Olimpíadas de Londres foi o evento responsável por aumentar a taxa de emprego no país. Mais de 46.000 pessoas trabalharam nos Jogos Olímpicos, das quais quase 5.000 estavam desempregadas anteriormente.

Após os jogos 17.000 novos postos de trabalho foram criados em Londres, ajudando a taxa de desemprego a ter uma redução de 1,2%.

Além dos cargos diretamente ligados ao evento esportivo, muitas vagas foram criadas no setor da construção que foi uma das principais áreas que se beneficiou com as Olimpíadas.

O Setor movimentou após os jogos mais de 7,3 bilhões de libras na economia. Foram construídas muitas casas, e prédios comerciais, especialmente no bairro de Stratford que foi a sede da Vila Olímpica.

Estudos informam que a Olimpíada de Londres foi a primeira a gerar lucros posteriores e deixar legados positivos para a cidade. É esperado que a partir do projeto de sucesso de Londres, as próximas sedes se inspirem nele.

O Rio de Janeiro, que foi o seu sucessor, aplicou muitas ideias Londrinas e está colocando em prática os projetos para que a Vila Olímpica seja utilizada. Obras de metrô já servem como novo benefício para a população.

A próxima parada é no Japã,o em 2020. Essa será a primeira Olimpíada que contará com esportes radicais — Surf, Skate e Escalada estão entre as novas modalidades confirmadas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI).

Com certeza, o Japão irá conseguir planejar os jogos para que deixe um legado especial assim como As Olimpíadas de Londres.

Se você curtiu o post deixe o seu comentário!