4 cuidados ao andar de skate ouvindo música

É comum andar de skate ouvindo uma boa música. As duas ações estão conectadas! Muitos skatistas colocam o fone no ouvido, apertam o play e partem pro rolê. A música faz parte da sessão e, a maioria das vezes, a trilha sonora já é até selecionada previamente.

Contudo, essa prática pode acarretar alguns problemas sérios à saúde. Pra que você consiga conciliar as duas atividades de maneira segura, vamos dar 4 dicas de cuidados que você precisa ter quando andar de skate ouvindo música. Confere aí!

1. Escute músicas em um volume razoável

Sabemos que andar de skate ouvindo a sua música preferida a todo volume é maravilhoso e contribui pra dar uma motivação a mais, mas tem um limite de decibéis que precisa ser respeitado pra preservar a saúde dos ouvidos e prevenir problemas futuros de audição.

No skate, é muito comum que o volume do som esteja sempre no máximo. Isso porque o esporte é praticado ao ar livre e, dessa forma, está sujeito a diversos outros sons, até mesmo do próprio skate. Assim, pra conseguir ouvir somente o que está tocando nos fones, acaba-se aumentando o volume.

O ouvido é uma parte muito delicada do corpo humano, pois é formado por diversas partes frágeis, fáceis de sofrerem danos.

Barulhos de até 80 decibéis não oferecem riscos à saúde. No entanto, quando o som provém de fones de ouvido, o recomendado é que não ultrapasse os 60 decibéis, o que corresponde, em média, à metade do volume dos aparelhos eletrônicos.

Esse número é alterado conforme o tempo de horas por que se utiliza o fone. Caso você escute música por mais de 4 horas seguidas, é necessário baixar o volume.

2. Compre fones de ouvido de qualidade

Quando for escolher o modelo do seu fone, opte por um de qualidade! Provavelmente, ele custará um pouco mais, mas, com certeza, o custo/benefício valerá a pena, pois, além de a qualidade do som ser muito melhor, o tempo de duração dele será maior.

Além disso, os modelos melhores são muito mais confortáveis e têm outras vantagens, como proteção contra suor e ajuste de tamanho.

3. Prefira o model intra auricular

O modelo intra auricular, que é aquele que se encaixa ao canal do ouvido, é o ideal para a prática do skate. Como ele isola uma grande parte do som ambiente, é possível escutar a música em um volume mais baixo, sem perder a qualidade do som.

Esse quesito é importante para manter a atenção de quem gosta de andar de skate ouvindo música. Além disso, o modelo permite que o skatista utilize o capacete, que é um equipamento de segurança indispensável para a prática segura do esporte.

Outra vantagem do fone intra auricular é que ele não atrapalha na hora de realizar manobras, pois o peso é indiferente.

4. Cuide pra que a música não o distraia

Quando se anda de skate, principalmente nas ruas, é necessário estar atento aos movimentos dos carros e pedestres.

Como já dissemos, o volume deve estar no intermediário, e temos mais um motivo pra isso: é extremamente importante que se consiga ouvir os barulhos externos, como a buzina de carros, que podem significar aviso pra que acidentes sejam evitados.

Quem estiver distraído naturalmente não conseguirá prestar atenção a esses sinais. Além disso, muitas vezes a música afasta as pessoas dos ambientes, fazendo com que pensem em outras coisas, o que pode ser muito perigoso.

Por isso, esteja sempre atento e alerta durante os rolês!

A música pode ser o gás que faltava pra animar aquela sessão especial de skate. Ela pode estimular o skatista e, até mesmo, incentivá-lo a tentar manobras que ele nunca experimentou.

Além disso, ela tem a capacidade de marcar momentos e torná-los mais agradáveis. Não importa se você anda de skate em pista, bowl ou na rua, é sempre bom poder dar o play e aliviar o estresse!

Se você curtiu o nosso post e quer saber mais sobre andar de skate, entre em contato conosco!